Skip to main content

Panorâmica

Capital: Madrid

Língua(s) oficial(ais) da UE: espanhol

Estado-Membro da UE: desde 1 de janeiro de 1986

Moeda: euro. Membro da zona euro desde 1 de janeiro de 1999

Schengen: Membro do Espaço Schengen desde 26 de março de 1995

NúmerosSuperfíciepopulaçãoproduto interno bruto (PIB) per capita em PPC

Sistema político

A Espanha é uma monarquia constitucional, democrática e parlamentar, com um chefe de governo — o primeiro-ministro — e um chefe de Estado — o monarca. O Conselho de Ministros é o órgão executivo e é presidido pelo primeiro-ministro. A Espanha é um Estado unitário, constituído por 17 comunidades autónomas e duas cidades autónomas com diferentes graus de autonomia.

Ver no mapa da UE

Comércio e economia

Os principais setores da economia espanhola em 2020 foram a administração pública, a defesa, a educação, a saúde e os serviços sociais (20,5 %), o comércio grossista e retalhista, os transportes, a hotelaria e a restauração (19,7 %) e a indústria (16,1 %).

61 % das exportações espanholas destinam-se a outros países da UE (França – 16 %, Alemanha – 11 %, Itália – 8 %). Das exportações para o exterior da UE, 8 % destinam-se ao Reino Unido e 5 % aos Estados Unidos.

No que respeita às importações, 57 % provêm de países da UE (Alemanha – 14 %, França – 11 %, Itália – 7 %). Das que provêm de países terceiros, destacam-se as importações provenientes da China (9 %) e as dos Estados Unidos (4 %).

A Espanha na UE

Parlamento Europeu

A Espanha tem 51 deputados no Parlamento Europeu. Descubra quem são os eurodeputados espanhóis.

Gabinete de Informação do Parlamento Europeu em Espanha

Conselho da União Europeia

Os ministros nacionais reúnem-se regularmente no Conselho da UE para adotar legislação europeia e coordenar políticas. Os representantes do governo espanhol participam regularmente nas reuniões do Conselho, em função da matéria tratada.

Presidência do Conselho da União Europeia

O Conselho da UE não tem um presidente permanente (ao contrário do que acontece, por exemplo, com a Comissão ou o Parlamento). Em vez disso, os seus trabalhos são presididos pelo país que assume rotativamente, por períodos de seis meses, a presidência do Conselho.

Durante os seis meses de presidência, os ministros do governo do país em questão ajudam a estabelecer a ordem de trabalhos do Conselho e presidem às suas reuniões nos vários domínios políticos, facilitando igualmente o diálogo com as outras instituições europeias.

Datas das presidências espanholas:

Jan-Jun 1989 | Jul-Dec 1995 | Jan-Jun 2002 | Jan-Jun 2010

Presidência do Conselho da União Europeia

Atual Presidência do Conselho da UE

Comissão Europeia

O membro da Comissão Europeia nomeado pela Espanha é Josep Borrell Fontelles, que é alto representante da União para os Negócios Estrangeiros e a Política de Segurança e vice-presidente da Comissão Europeia.

A Comissão está presente em cada um dos países da UE com um gabinete local, a chamada «representação».

Representação da Comissão em Espanha

Comité Económico e Social Europeu

A Espanha tem 21 membros no Comité Económico e Social Europeu. Este órgão consultivo — que representa os empregadores, os trabalhadores e outros grupos de interesses — é convidado a pronunciar-se sobre propostas legislativas, emitindo pareceres sobre as suas possíveis consequências a nível laboral e social nos países da UE.

Comité das Regiões Europeu

A Espanha tem 21 representantes no Comité das Regiões Europeu, a assembleia da UE que reúne representantes locais e regionais. Este órgão consultivo é convidado a pronunciar-se sobre propostas legislativas, a fim de garantir que as mesmas têm em conta o ponto de vista das regiões da UE.

Representação permanente junto da União Europeia

A Espanha também comunica com as instituições europeias através da sua representação permanente em Bruxelas. Enquanto «embaixada da Espanha na UE», a sua principal tarefa é assegurar a defesa dos interesses e a prossecução das políticas do país a nível da UE, de forma tão eficaz quanto possível.

Orçamento e financiamento

Com quanto contribui a Espanha e quanto recebe?

A contribuição de cada país da UE para o orçamento da UE é calculada de forma equitativa, de acordo com os meios do país. Quanto maior for a economia do país, maior é a sua contribuição e vice-versa.

O orçamento europeu não tem como objetivo redistribuir a riqueza, mas antes dar uma resposta às necessidades dos europeus no seu conjunto.

Informações sobre o orçamento, as receitas e a despesa da UE:

Projetos financiados pela União Europeia em Espanha

Os fundos pagos para o orçamento europeu pela Espanha contribuem para financiar programas e projetos em todos os países da UE, ajudando, por exemplo, a construir estradas, subsidiar a investigação e proteger o ambiente.

Saiba mais sobre a forma como a Espanha beneficia do financiamento da UE.