Skip to main content
European Union

Marga Klompé: cientista, política e defensora dos mais desfavorecidos

Vida e carreira

Foi a primeira mulher a fazer parte da Assembleia Comum da Comunidade Europeia do Carvão e do Aço, precursora do atual Parlamento Europeu, cuja primeira sessão se realizou em 1952.

Abandonou a Assembleia em 1956 para aderir ao governo de coligação do centro-esquerda neerlandês, chefiado pelo primeiro ministro Willem Drees. Foi nomeada ministra do Trabalho Social, tornando-se a primeira mulher a desempenhar o cargo de ministra dos Países Baixos.

Uma visão para a Europa

Em 1955, Marga Klompé foi nomeada para um grupo de trabalho criado pela Assembleia Comum dedicado ao seguinte:

Uma das maiores conquistas enquanto ministra foi dar ao seu país a primeira lei nacional de proteção social universal.

Marga Klompé during a debate in the Dutch House of Representatives
Marga Klompé during a debate in the Dutch House of Representatives

Marga Klompé durante um debate na Câmara dos Representantes dos Países Baixos

Publicações

Mais informações sobre a vida, o trabalho e o contributo de Marga Klompé para o projeto europeu